Dois Tempos de Um Lugar – Paulo Monarco e Dandara

Paulo Monarco e Dandara conduzem um espetáculo de artes integradas que mescla música e teatro para apresentar os personagens que se entrelaçam através das canções e dão vida a história de dois jovens artistas e suas inquietudes.

A inquietude e a necessidade de reinventar motivam o encontro de Paulo Monarco e Dandara. Apesar da pouca idade, a história é longa e traz consigo algo fundamental: a força dos grandes artistas, sempre apontando pra reinvenção, provocando, arriscando.

No repertório canções de Paulo Monarco e seus parceiros, Zeca Baleiro, Celso Viáfora, Suely Mesquita, Marcelo Segreto, Bruno Batista, Kleuber Garcez e Álisson Menezes, e também de outros compositores como Mauricio Pereira, Túlio Borges, Bernardo Bravo, Du Gomide, Vinicius Calderoni, Celso Viáfora e Caetano Veloso. Com Direção de Vinicius Calderoni, Cenografia e Figurino de Caroline Ricca Lee, Design de Som de Alex Miranda, Luz de Genilson Barbosa e Produção de Daniel Lima.

PAULO MONARCO iniciou sua trajetória em Cuiabá, onde participou de diversos trabalhos como compositor, cantor, violonista e arranjador, dirigindo shows e produzindo discos de artistas locais. O primeiro projeto como cantautor veio em 2007 com seu show Paraíso abissal. Ganhou diversos prêmios (Fampop, Botucanto, Fenac, entre outros) em variados festivais nacionais (Conexão Vivo, Feira da Música de Fortaleza, Femucic, entre outros). Em 2010 lançou o EP Malabares com farinha e, com o projeto Música do Mato, um coletivo de artistas matogrossenses (Ebinho Cardoso, Faraz, Linha Dura, Macaco Bong e Paulo Monarco), realizou uma turnê que passou por sete estados brasileiros. Convidado por Luiza Possi, em 2012 se apresentou no Projeto Casulo na casa de shows Tom Jazz. Junto com Carlos Posada, César Lacerda e Tó Brandileone, em 2013 participou do projeto Inusitado – Lenine apresenta Cantaurores a convite do cantor e compositor Lenine. Com a cantora e atriz Dandara desenvolve o projeto Dois Tempos de Um Lugar (com direção e roteiro de Vinicius Calderoni, cenografia de Patricia Black e figurinos de Caroline Ricca Lee), assinando a autoria da maior parte das canções (parcerias com Celso Viáfora, Suely Mesquita, Zeca Baleiro, entre outros jovens compositores) compostas pro espetáculo que estreou no Rio de Janeiro em setembro de 2013 e desde então vem sendo apresentado em alguns teatros de São Paulo.

DANDARA é cantora e atriz e iníciou suas atividades artísticas ainda criança quando subiu ao palco aos 10 anos para fazer um show cujo repertório passeava por canções de Celso Viáfora, Vicente Barreto e da tradição popular. Desde então nunca mais deixou o palco e o garimpo da canção brasileira, desenvolvendo ao longo desses anos um trabalho de pesquisa de voz e canções de compositores contemporâneos de todo Brasil, tendo participado de shows e discos de vários outros artistas como Celso Viáfora (SP) e Bruno Batista (MA). Dandara é reconhecida por ser uma intérprete vigorosa de grande técnica e força cênica. Já gravou, tocou e foi dirigida por renomados produtores, músicos e diretores como Swami Jr, Guilherme Kastrup, Mauricio Caruso e Marcelo Lazzaratto. Tem formação em Canto Popular pela ULM- Universidade Livre de Música Tom Jobim, há 10 anos estudando Técnica Vocal, já foi orientada por diversos mestres dentre eles: Márcia Degani (canto lírico), Pat Escobar, Suely Mesquita e Sandra Espirezs. Em 2010 cursou o Somatic Voicework™ com Jeannie LoVetri (NY-EUA). No teatro estuda desde 2011 no Indac-Escola de Atores, tendo já participado de várias peças como os musicais “Afro-Sambas” e “Kátia e Paulo, uma alegoria sobre rodas”, ambas sob direção de Marcelo Lazzaratto, “Agreste” sob direção de Tânia Kesselman, “História do Brasil em Cena” direção de Carlos Freitas, “Ana na Árvore” sob direção de Vanclea Porath entre outras. Em 2010 gravou seu primeiro EP “Eu sou Assim”, produzido por Mauricio Caruso cujo show circulou por várias casas de São Paulo. Em 2012 gravou com o produtor alemão Markus Popp os discos “Calidostópia!” e “VOA” lançados na Europa, Estados Unidos e Japão. Desenvolve uma parceria com Paulo Monarco no espetáculo musical “Dois Tempos de Um Lugar” que estreiou em 2013 passando pelo Rio de Janeiro, São Paulo e interior paulista. No Brasil já foi premiada em mais de 20 festivais e mostras de música como Fampop (1º lugar em 2013), Botucanto (1º lugar e Melhor Intérprete em 2012), Festival de Música de Ilha Solteira (1º lugar em 2010 e 2013) e Prêmio Musique Estadão.

PAULO MONARCO E DANDARA – DOIS TEMPOS DE UM LUGAR AO VIVO NA PAULICÉIA CARIOCA (2013)

 PAULO MONARCO E DANDARA (2013)

DANDARA

Acesse: bandpage.com/doistemposdeumlugar
Curta: facebook.com/doistemposdeumlugar
Escute: soundcloud.com/doistemposdeumlugar
Assista: youtube.com/doistemposdeumlugar

Anúncios

Agenciamento Artístico, Produção de Shows e Gestão de Projetos Culturais

%d blogueiros gostam disto: