Paulo Monarco

Paulo Monarco iniciou sua trajetória em Cuiabá, onde participou de diversos trabalhos como compositor, cantor, violonista e arranjador, dirigindo shows e produzindo discos de artistas locais. O primeiro projeto como cantautor veio em 2007 com seu show Paraíso abissal. Ganhou diversos prêmios (Fampop, Botucanto, Fenac, entre outros) em variados festivais nacionais (Conexão Vivo, Feira da Música de Fortaleza, Femucic, entre outros). Em 2010 lançou o EP Malabares com farinha e, com o projeto Música do Mato, um coletivo de artistas matogrossenses (Ebinho Cardoso, Faraz, Linha Dura, Macaco Bong e Paulo Monarco), realizou uma turnê que passou por sete estados brasileiros. Convidado por Luiza Possi, em 2012 se apresentou no Projeto Casulo na casa de shows Tom Jazz. Junto com Carlos Posada, César Lacerda e Tó Brandileone, em 2013 participou do projeto Inusitado – Lenine apresenta Cantaurores a convite do cantor e compositor Lenine. Com a cantora e atriz Dandara desenvolve o projeto Dois Tempos de Um Lugar, assinando a autoria da maior parte das canções (parcerias com Celso Viáfora, Suely Mesquita, Zeca Baleiro, entre outros jovens compositores) compostas pro espetáculo que estreou no Rio de Janeiro em setembro de 2013.

[INTEIRO] reúne parte de um repertório de canções que Paulo Monarco compôs de 2010 pra cá. Nesse período viajou a muitos lugares do Brasil – do interior mais profundo às grandes capitais –, se apresentando em praças, teatros, festivais e casas de show. em muitos cantos que passou ganhou amigos, lembranças, aprendizados e, sobretudo, conheceu e reconheceu artistas incríveis. Por força da natureza alguns vieram a se tornar parceiros. Na estrada, em quartos de hotéis, no avião, caminhando pela cidade, via internet ou em casa as parcerias foram nascendo, as canções se alinhando e aos poucos percebeu que tanto nas letras de Bruno BatistaDulce Quental [Oficial]Élio CamalleJoão bernardo, Kleuber Garcêz,  Matheus von Krüger,  Sandro Dornelles,  Suely Mesquita e Túlio Borges que musicou, quanto nas melodias letradas por Álisson Menezes,  Celso Viáfora,  César Lacerda,  Marcelo Segreto,  Paulinho Novaes, Pedro ViáforaVinicius Calderoni e Zeca Baleiro, havia uma linha narrativa como que revelando em polaroides a sua trajetória até aqui. Todas, sem exceção, foram feitas ao violão – seu instrumento inseparável desde sempre. no palco, aos poucos foi incorporando ao voz/violão – essa escola repleta de geniais cantautores inspiradíssimos – elementos eletroacústicos e digitais, se lançando num mar de possibilidades sonoras. A ideia aqui é que as histórias cantadas costurem o roteiro deixando fluir o jogo, o improviso e voem no tempo guiadas pelo instante: pleno, inteiro.

 

ESCUTE O EP MALABARES COM FARINHA (2010)

 

ESCUTE O BOOTLEG DOIS TEMPOS DE UM LUGAR – PAULO MONARCO E DANDARA AO VIVO NA PAULICÉIA CARIOCA (2013)

 

ASSISTA OS VÍDEOS AO VIVO!

 

LINKS OFICIAIS:

Curta: https://www.facebook.com/paulomonarco
Escute: https://soundcloud.com/paulomonarco
Assista: https://www.youtube.com/PauloMonarco

Anúncios

Agenciamento Artístico, Produção de Shows e Gestão de Projetos Culturais

%d blogueiros gostam disto: